• .

Como organizar a geladeira e manter os alimentos frescos por mais tempo

Atualizado: Jul 28

Qualquer pessoa que tem o hábito de comer frutas, legumes e verduras diariamente, faz aquela compra semanal de hortifruti ou se empolga na feira, sabe a dificuldade que é comer tudo antes que os alimentos comecem a estragar.


Sabemos que na correria do dia a dia, muitas vezes as pessoas não conseguem administrar esta situação e acabam jogando a comida fora. Uma das formas de minimizar este problema é armazenando os alimentos de forma adequada, desta forma eles vão ficar frescos por MUITO mais tempo!

Vamos entender como podemos organizar melhor a geladeira?

PRIMEIRA PRATELEIRA

Esta é a região mais fria da geladeira e é onde devemos guardar os alimentos mais perecíveis. Aqui devemos guardar ovos, queijos, iogurte e leite.

Dica: Não lave os ovos antes de guardar, pois eles têm uma película que serve de proteção. Ao lavar, removemos essa película, promovendo a perda de umidade, absorção de odores, entrada de micro-organismos, e favorecendo que o ovo estrague mais rapidamente. Mantenha o leite, queijos e iogurtes no fundo da prateleira, pois é a parte mais fria.

PRATELEIRAS INTERMEDIÁRIAS

Este é o local ideal para armazenar alimentos prontos e sobras. Armazenar em potes, preferencialmente de vidro, com tampa e bem vedados.

Dica: Separe uma prateleira para alimentos já preparados e higienizados (a de cima) e uma para pré-preparados (a de baixo), desta forma você evita contaminação cruzada entre os alimentos, ou seja, que microorganismos eventualmente presentes nos alimentos crus passem para os alimentos que já foram higienizados e/ou cozidos, estando prontos para o consumo.


ÚLTIMA PRATELEIRA

Este é o local adequado para descongelar carnes ou para manter as carnes cruas que serão preparadas no mesmo dia.

Dica: É importante que as carnes estejam embaladas adequadamente. Elas precisam ser colocadas em uma bandeja ou prato para recolher qualquer líquido que saia da carne, evitando assim, a contaminação cruzada.


GAVETA INFERIOR

Esta é parte menos fria da geladeira e com menor umidade, e por isso é o melhor local para guardar frutas, verduras e legumes.

Dica: Mantenha as frutas, verduras e legumes já higienizados e acondicionados em sacos plásticos ou potes quando necessário (alguns alimentos não resistem tão bem ao frio e precisam de potes ou sacos plásticos para durarem mais, como folhosos, tomates, beringela, abobrinha, dentre outros). Se a sua geladeira tiver duas gavetas inferiores, separe as frutas dos vegetais, pois algumas frutas liberam alguns compostos que aceleram o amadurecimento dos outros alimentos, fazendo com que eles estraguem mais rápido.

PORTA

A porta é o local com maior variação de temperatura (devido ao abre e fecha da geladeira), por isso, nesta parte devemos armazenar os produtos menos perecíveis, como conservas, geleias, condimentos, água e bebidas em geral. Aqui, não armazene ovos e leite.

Outros cuidados:

  • Mantenha a temperatura da geladeira abaixo de 5 °C, pois acima desta temperatura pode haver crescimento de bactérias prejudiciais para nossa saúde.

  • Evite abrir e fechar a geladeira toda hora e mantenha a geladeira aberta o mínimo possível para evitar variações na temperatura.

  • Não forre as prateleiras com panos ou plásticos e mantenha os alimentos e potes afastados um dos outros, assim a circulação de ar frio dentro da geladeira se mantém adequada e a conservação dos alimentos será mais eficiente.

  • Limpe a geladeira periodicamente, removendo as prateleiras, gavetas ou partes que se soltam, e lavando na pia com água e sabão. Lave também o interior da geladeira com uma esponja e sabão, enxaguando com água e um pano limpo

  • Observar com frequência a validade dos alimentos armazenados na geladeira a fim de evitar o vencimento dos mesmo. Descarte alimentos vencidos ou estragados.

Esperamos que estas dicas te ajudem!


Referências

RECINE, E.; RADAELLI, P.; FERREIRA, T. Cuidados com alimentos. 40p.

SESC. Modelo nutrição: módulo programação. Rio de Janeiro: SESC, Departamento Nacional, 2010. 60 p.


Créditos da imagem

Adaptado de Freepik






Atendimentos em

Brasília - DF

Rio de Janeiro - RJ

Os atendimentos estão sendo online em virtude da pandemia

Redes sociais

  • insta
  • Sem Título-1